Farmacêutico

Farmacêutico

– Descrição das funções e responsabilidades
O acesso a medicamentos essenciais é uma das prioridades dos PCI. Com seus conhecimentos, o profissional garante que as práticas farmacêuticas estejam de acordo com as regras locais, responsabiliza-se pela gestão de medicamentos e equipamentos médicos, por seu armazenamento, pedidos e sua distribuição para ações dos PCI. Além disso, é também responsável pela supervisão do pessoal que trata da gestão diária de produtos, garante boas práticas de distribuição e trabalha em parceria com médicos, enfermeiros e outros profissionais locais e estrangeiros.

Requisitos básicos:

– Licenciatura em Farmácia
– Mínimo de dois anos de experiência em gestão de stock e distribuição de medicamentos, preparação de pedidos, controlo de receção, acompanhamento de medicamentos controlados, inventários, acompanhamento de consumação, distribuição para clínicas, centros de saúde e hospitais
– Experiência prática e conhecimento teórico sobre medicamentos para doenças mais comumente tratadas pelos PCI: malária, cólera, tuberculose, hepatite, leishmaniose, tripanossomíase, febre tifoide, febre hemorrágica, HIV/Aids e doenças sexualmente transmissíveis.
– Experiência em formação e gestão de recursos humanos
– Sentido de organização
– Disponibilidade e vontade de trabalhar fora da sua área de residência, por períodos de pelo menos 12 meses.
– Disponibilidade e vontade para trabalhar e viver em condições básicas
– Ótimos conhecimentos de inglês e ou francês
– Conhecimentos básicos em informática
– Motivação pelo trabalho humanitário
– Flexibilidade, fácil adaptação, sociabilidade, facilidade e interesse pelo trabalho em equipa
– Capacidade de lidar com o Stress, grande carga de trabalho e condições de trabalho, por vezes, difíceis
– Estar em boas condições de saúde física e mental
– Comprometimento com os objetivos e valores dos PCI

Informação de propriedade intelectual

Entende-se por “conteúdo do site“ da Paramédicos de catástrofe Internacional -PCI , toda a informação presente neste portal, nomeadamente texto, imagens, ilustrações, design gráfico, webdesign e software, contactos, entre outros.

Os direitos de propriedade intelectual sobre todos os conteúdos do Jornal On-line que não sejam de fornecimento externo e como tal devidamente identificados, são da titularidade da Paramédicos de Catástrofe Internacional -PCI ,encontrando-se, como tal, protegidos nos termos gerais de direito e pela legislação nacional e internacional existente relativa à proteção da propriedade industrial, dos direitos de autor e direitos conexos, bem como pela lei da criminalidade informática.

Este website contém ainda textos, ilustrações e fotografias que não podem ser copiados, alterados ou distribuídos sem a autorização expressa dos seus autores.

É expressamente proibida a cópia, alteração, reprodução, exibição, difusão, distribuição, armazenamento, transmissão, impressão, ou utilização dos conteúdos deste website, por qualquer forma ou para qualquer propósito, sem a prévia autorização expressa da Paramédicos de Catástrofe Internacional -PCI  ou dos seus autores relativamente ao conteúdo que se encontra licenciado e devidamente identificado. Os Paramédicos de catástrofe Internacional -PCI  e/ou seus diretores e funcionários rejeitam qualquer responsabilidade pela usurpação e uso indevido de qualquer conteúdo do presente website.

A Paramédicos de catástrofe Internacional -PCI reserva-se o direito de atuar judicialmente contra os autores de qualquer cópia, reprodução, difusão, exploração comercial não autorizadas ou qualquer outro uso indevido do conteúdo deste website, rejeitando qualquer responsabilidade por qualquer uso indevido do mesmo, por terceiros.