História dos PCI

História dos PCI

OIP

Ajudamos as pessoas em todo o mundo, onde a necessidade é maior, fornecendo assistência médica de emergência às pessoas afetadas por conflitos, epidemias, desastres ou exclusão de cuidados de saúde. Nossas equipes são compostas por dezenas de milhares de profissionais de saúde, logística e pessoal administrativo – unidos pela nossa carta. Nossas ações são pautadas pela ética médica e pelos princípios de imparcialidade, independência e neutralidade. Somos uma organização sem fins lucrativos, autogovernada, baseada em membros.

– A Paramédicos de catástrofe Internacional -PCI foi criada na crença de que as pessoas afetadas por conflitos, epidemias e desastres, por exemplo, não devem ficar sem assistência médica, independentemente de gênero, raça, religião, credo ou afiliação política, e que as necessidades médicas das pessoas não devem ser ignoradas por causa das fronteiras nacionais. Os princípios de ação da PCI são descritos em nossa carta, que estabeleceu um quadro para nossas atividades.

– Com base nas lições dessas intervenções, a PCI começou a construir sua capacidade de responder de forma mais eficaz e eficiente às emergências tanto a nível nacional como internacional.

– A Paramédicos de catástrofe Internacional -PCI permanece ferozmente independente de governos e outras instituições. A PCI reserva-se o direito de falar para chamar a atenção para crises negligenciadas, desafiar inadequações ou abuso do sistema de ajuda e defender a melhoria dos tratamentos e protocolos médicos.

– A Paramédicos de catástrofe internacional rejeita a ideia de que as pessoas em perigo merecem serviços médicos de terceira categoria e se esforça para fornecer assistência de alta qualidade aos pacientes. Simultaneamente, e com igual vigor, a PCI busca continuamente melhorar as próprias práticas da organização.

Informação de propriedade intelectual

Entende-se por “conteúdo do site“ da Paramédicos de catástrofe Internacional -PCI , toda a informação presente neste portal, nomeadamente texto, imagens, ilustrações, design gráfico, webdesign e software, contactos, entre outros.

Os direitos de propriedade intelectual sobre todos os conteúdos do Jornal On-line que não sejam de fornecimento externo e como tal devidamente identificados, são da titularidade da Paramédicos de Catástrofe Internacional -PCI ,encontrando-se, como tal, protegidos nos termos gerais de direito e pela legislação nacional e internacional existente relativa à proteção da propriedade industrial, dos direitos de autor e direitos conexos, bem como pela lei da criminalidade informática.

Este website contém ainda textos, ilustrações e fotografias que não podem ser copiados, alterados ou distribuídos sem a autorização expressa dos seus autores.

É expressamente proibida a cópia, alteração, reprodução, exibição, difusão, distribuição, armazenamento, transmissão, impressão, ou utilização dos conteúdos deste website, por qualquer forma ou para qualquer propósito, sem a prévia autorização expressa da Paramédicos de Catástrofe Internacional -PCI  ou dos seus autores relativamente ao conteúdo que se encontra licenciado e devidamente identificado. Os Paramédicos de catástrofe Internacional -PCI  e/ou seus diretores e funcionários rejeitam qualquer responsabilidade pela usurpação e uso indevido de qualquer conteúdo do presente website.

A Paramédicos de catástrofe Internacional -PCI reserva-se o direito de atuar judicialmente contra os autores de qualquer cópia, reprodução, difusão, exploração comercial não autorizadas ou qualquer outro uso indevido do conteúdo deste website, rejeitando qualquer responsabilidade por qualquer uso indevido do mesmo, por terceiros.