Apoio aos Peregrinos a Fátima

Apoio aos Peregrinos a Fátima

Paramédicos de Catástrofe Internacional, foi incumbida dentro das suas obrigações estatuarias e regulamentos internos na vertente social e humanitária de apoiar de 9 a 13 de maio e 9 a 13 de outubro, no apoio médico, paramédico e técnico na assistência médica gratuita aos peregrinos que se deslocam a pé ao Santuário de Fátima para cumprirem as suas promessas de Fé.

Paramédicos de Catástrofe Internacional, prepara-se para intervir em emergências médicas e/ou tratamentos dos peregrinos na área da sua responsabilidade.

O dispositivo estará montado na estrada de Minde e Santuário de Fátima com 3 Postos Médicos Avançados.

Disponibiliza no dispositivo os meios humanos e os equipamentos necessários e adequados ao cumprimento da missão de apoio e socorro aos peregrinos a Fátima.

Efetiva uma matriz de planeamento flexível que adote uma metodologia operacional que permita minimizar o impacto do grande afluxo de cidadãos aos locais de celebração e assegurar a mobilização, prontidão e empenhamento de um dispositivo especial de apoio aos peregrinos a Fátima.

Esta matriz é constituída por meios humanos e equipamentos (terrestres) de resposta operacional pertencentes à PCI, e estruturas, forças e unidades envolvidas no âmbito do safety, capaz de responder com eficácia às ocorrências, no domínio do socorro a população nomeadamente nas seguintes áreas:

  1. Emergência Pré-Hospitalar;
  2. Apoio ao nível de Acidentes;
  3. Assistência Sanitária;
  4. Apoio aos Peregrinos perdidos;
  5. Apoio Médico e de Enfermagem
  6. Apoio paramédico
  7. Apoio fisioterapia
  8. Apoio de massagista;
  9. Outros apoios diferenciados;
  10. Apoio na estadia aos peregrinos;
  11. Apoio social;
  12. Apoio Religioso.

 

A PCI deverá prestar os primeiros socorros, e emergência médica ou qualquer outra assistência entendida como necessária e adequada aos peregrinos a Fátima, tendo para o efeito disponíveis os seguintes meios:

– 90 Técnicos de saúde;

– 3 Postos Médicos Avançados;

– 3 Dormitórios;

– 1 Refeitório;

– 1 Viatura de Apoio e Logística;

– 1 Viatura de Comando e Coordenação;

– 1 Viatura de Intervenção Rápida;

– 1 Viatura de Catástrofe com material para PMA e triagem;

– 1 Viatura de suporte Imediato de Vida.

Em caso de evacuação de eventuais sinistrados que o justifiquem serão acionados os meios de emergência médica locais e serão direcionados ao hospital de Leiria e para o hospital do santuário de Fátima.

 

São definidos os seguintes períodos críticos:

 

Período de maio

1º Período Crítico – 9  de maio a 11 de maio.

2º Período Crítico – 12 de maio.

3º Período Crítico- 13 de maio.

 

Período de outubro

1º Período Crítico – 10 de outubro a 11 de outubro

2º Período Crítico – 12 de outubro

3º Período Crítico – 13 de outubro