“Sobre nós – História”


Paramédicos de Catástrofe Internacional é uma instituição de utilidade pública em Portugal e uma organizações não governamental ONGD  conforme o Dec. Lei n.o 66/98 de 14 de Outubro é uma pessoa colectiva privada sem fins lucrativos, criada em 05-03-2004 em Lisboa-Portugal, fundada por iniciativa de Bruno Ferreira.

Paramédicos de Catástrofe Internacional é uma organização internacional não-governamental sem fins lucrativos que oferece e leva ajuda médica e humanitária a situações de emergência em casos de conflitos armados, catástrofes naturais, epidemias, fome e exclusão social.
É uma organização não-governamental de ajuda humanitária  do mundo na área da saúde.
Paramédicos de catástrofe Internacional proporciona também acções de longo prazo na ajuda a refugiados em casos de conflitos prolongados, instabilidade crónica ou após a ocorrência de catástrofes.

Somos um grupo de técnicos de saúde, médicos, sociólogos e enfermeiros  que testemunharam o atraso na realização de ajuda humanitária de emergência as populações mais carenciadas na prestação de cuidados de saúde e defesa dos direitos humanos e consideraram  a possibilidade de formar uma organização humanitária médica internacional que além de fornecer assistência médica, sem distinção de raça, religião ou ideologia política.

Hoje Paramédicos de catástrofe Internacional é uma das principais organizações humanitárias independentes que pode garantir o apoio médico humanitário de acordo com as necessidades reais.

Paramédicos de catástrofe internacional controla toda a cadeia de apoio médico e social de emergência humanitária em termos de materiais e medicamentos que são  enviados para todos os projectos.
Todas essas acções são realizadas pelos colaboradores e voluntários tanto a nível nacional como internacionais que trabalham com profissionais que actuam no campo localmente, tais como médicos, enfermeiros, logísticos, financeiros, coordenadores, administradores, técnicos de laboratório, tradutores, motoristas ,socorristas, paramédicos, fisioterapeutas.

Paramédicos de catástrofe internacional responde a guerras mundialmente conhecidas, conflitos ignorados, falência de sistemas de saúde, epidemias mundiais como a Sida ou doenças negligenciadas como a tuberculose e a malária.