” Ajuda Humanitária de Emergência Internacional”

Paramédicos de Catástrofe Internacional-PCI  é uma organização independente e neutra que assegura a protecção humanitária e a assistência às vítimas de conflitos armados e de outras situações de violência. Toma iniciativa em resposta a emergências e ao mesmo tempo promove o respeito ao Direito Internacional Humanitário e sua implementação na legislação nacional de um país.

Preguntas frequentes para partir em Ajuda Humanitária de Emergência:

Eu posso trabalhar com PCI por um curto período de tempo ou aproveitar as férias de Verão

A maioria das posições nos nossos projectos são mais de 6 meses é por isso que exigimos uma disponibilidade mínima de 12 meses para iniciar o processo de selecção. Apenas no caso de perfis específicos (cirurgiões e anestesistas) aceitamos estadias curtas.

Antes do final do meu curso de formação poderia trabalhar com os PCI

Um dos pré-requisitos para trabalhar com os Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI  no campo é a formação completa de acordo com o perfil requerido. Além disso o candidato deve ter pelo menos dois anos de experiência profissional na área onde deseja trabalhar. Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI não contempla a possibilidade de estágios em campo.

Quanto tempo dura o processo de selecção. Quanto tempo pode decorrer antes de uma missão que me foi atribuído

O processo de selecção não tem uma duração específica pode ter em média de 3 a 6 meses. Depende da disponibilidade de posições no perfil do campo e candidato. Este é um processo detalhado pelo qual temos a intenção de garantir a adequação das pessoas seleccionadas e fornecer ao candidato as informações relevantes sobre a organização. Nos  Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI foi realizada uma selecção contínua de pessoas que viajam para o campo embora a atribuição da primeira missão seja determinada pelas necessidades de projectos. Uma vez que a pessoa tenha concluído o processo de selecção terá que passar por um período de indução/treinamento vários dias antes de ser incorporada num projecto.

Eu posso escolher para onde ir

Nenhum funcionário dos  Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI , com status de emprego expatriado, pode trabalhar em seu próprio país. A definição de expatriados envolve deixar um país de origem, no caso de PCI  para desenvolver um trabalho em saúde e da ajuda humanitária internacional.

Posso trazer a minha família

As condições de vida e de trabalho com Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI são muitas vezes incompatíveis com a presença de pessoas que não participam dos projectos. A presença de famílias nos projectos raramente ocorre e depende principalmente das condições de segurança nos mesmos. Cada caso é estudado separadamente.

A colaboração profissional com PCI  é remunerada ou voluntária

Todos os profissionais dos Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI  têm um contrato formal para o período em que eles estão no projecto. Para as pessoas com nacionalidade espanhola ou de residência será no âmbito da legislação espanhola ou então o país da União Europeia. No caso de não ser um nacional de um desses países, tem um contrato moral. Condições salariais não são a principal motivação das pessoas que trabalham com os Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI. Neste sentido PCI, tem uma escala de pagamento dividido em três categorias únicas de lugares (coordenação geral e chefe da missão). Além do salário, Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI   abrange todo o pessoal no terreno, com um seguro privado que inclui hospital e cobertura médica e incapacidade e qualquer tipo de evacuação. Também cobrimos os custos habituais de expatriação: exame médico antes e depois da missão, vacinação, viagem, hospedagem, diárias, etc.

Eu posso desenvolver minha carreira dentro dos PCI

Aos profissionais experientes e dispostos a oferecer um alto nível de competências técnicas e pessoais os Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI  é capaz de proporcionar oportunidades de crescimento para os mesmos.

PCI tem uma política de formação

Temos uma política de formação destinada a pessoas que trabalham continuamente e pretendem assumir um compromisso duradouro nos Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI. Além de cursos de formação locais também há nacionais e internacionais os quais oferecem a possibilidade de acesso a assistência financeira para treinamento externo.

É realmente importante para as minhas competências linguísticas para trabalhar no campo

É muito importante ter um alto nível de inglês e/ou francês e/ou árabe. Como uma organização internacional as nossas equipas são formadas por indivíduos de diversas origens para adoptar como língua de trabalho comum a mais falada no país em que trabalham. Ao mesmo tempo o conhecimento de várias línguas é um valor importante para a atribuição de uma missão e ainda para se desenvolver dentro da organização e em diferentes contextos.

Existe um limite de idade para trabalhar em um projecto

Não, mas deve levar em conta as condições de vida e de trabalho no campo. A maioria das pessoas que trabalham no campo com Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI  na primeira vez têm entre 20 e 40 anos .