“Paramédicos prepara projecto para Serra Leoa”

“Estamos enfrentando uma pressão imensa e uma situação de emergência mundial, as organização e os organismos do estado não podem ficar indiferentes, quanto mais se demora para encontrar e acompanhar as pessoas que tiveram em contacto com doentes infectados com o Ébola mais difícil será controlar a doença e a sua propagação”

Perante este contexto Paramédicos de Catástrofe Internacional elaborou um projecto que se enquadra nesta situação emergente.
Paramédicos de Catástrofe Internacional encontra-se à espera de luz verde para avançar com uma equipa de 5 elementos.
A missão terá uma duração de 3 meses com a possibilidade de haver uma continuidade caso a situação referida se prolongue.

Esta equipa Portuguesa de voluntários irão apoiar localmente as entidades de saúde e ONG internacionais nos cuidados de saúde emergentes às populações na Serra Leoa.

“Sempre presente onde à bem a fazer”