“Plano de emergência de apoio às populações de ruas da cidade de Lisboa”

Face às previsões do Instituto de Meteorologia que apontam para uma descida acentuada das temperaturas os PCI activa o plano de contingência para a população de rua perante ondas de frio na cidade de Lisboa, com isto, encontramo-nos atentos a essas mesmas ondas com o objectivo de intervir na área da saúde e emergência médica das população de rua.

Neste contexto em tempos de vagas de frio os PCI recomenda:

– Crianças nos primeiros anos de vida e idosos devem manter-se quentes e confortáveis como doentes crónicos (em especial cardíacos, vasculares, respiratórios, reumáticos, diabéticos e da tiróide) ou acamados;

– Indivíduos com perturbações de memória, problemas de saúde mental, alcoolismo ou demência;

– Indivíduos que tomem medicamentos como psicotrópicos ou anti-inflamatórios;

– Indivíduos com mobilidade ou dificuldades na realização das atividades da vida diária;

– Indivíduos isolados ou em situação de exclusão social;

– Evite a saída de casa dos indivíduos que pertencem aos grupos de maior risco;

– Procure manter-se em casa ou em locais quentes;

– Evite as actividades físicas intensas que obrigam o coração a um maior esforço que podem provocar um ataque cardíaco. O ar frio não é bom para a circulação sanguínea;

– Se suspeitar de situações de hipótermia, ligue imediatamente para o 112;

– Esteja atento às informações meteorológicas e cumpra as recomendações das entidades competentes;