Epidemiologista

Epidemiologista

Descrição das funções e responsabilidades
Regularmente, há necessidade de epidemiologistas para dar apoio de longo prazo nos projetos em campo. As funções desempenhadas envolvem a gestão de surtos, ajuda às equipas para planear respostas apropriadas (tipo de intervenção e local oportuno), incluindo a vacinação ativa, caso confirmada uma epidemia, ou intervenções de saneamento necessárias, por exemplo, no caso da ocorrência de surtos de meningite, sarampo, cólera, ébola etc.. Além disso, a realização de pesquisas de mortalidade, a avaliação e a montagem de sistemas de vigilância e também a prestação de apoio epidemiológico em projetos complexos para melhorar a tomada de decisões baseada em evidências.

Requisitos básicos

– Comprometimento com os objetivos e valores dos PCI. Especialista em Epidemiologia
– Familiaridade com doenças tropicais e infeciosas
– Habilidades práticas comprovadas em design, implementação e avaliação de métodos quantitativos e qualitativos de investigação epidemiológica
– Capacidade para projetar e implementar sistemas de vigilância e outros dados de monitoramento da epidemia, incluindo a mortalidade e os inquéritos nutricionais, e para formar outros na obtenção de dados e na realização de análises adequadas
– Capacidade prática comprovada em software para banco de dados epidemiológicos e análise estatística (excel e pelo menos um programa de estatística)
– Capacidade para liderar equipas, ou seja, ser responsável pela supervisão, pela gestão e pela formação de outros profissionais
– Capacidade para trabalhar bem como parte de uma equipa multicultural e multidisciplinar
– Ter iniciativa e capacidade para gerir o volume de trabalho
– Disponibilidade para trabalhar em ambiente adverso
– Flexibilidade e capacidade para lidar com o Stress
– Fluência em inglês e ou francês