embaixador

 

   Embaixador dos PCI

O título de Embaixador de PCI foi criado para reconhecer o apoio de um grupo de doadores Portugueses e Internacionais que nos ajuda significativamente em nossa missão de chegar cada vez mais longe e salvar cada vez mais vidas. Nossa rede de embaixadores é composta por um grupo de pessoas que contribuem em série de atividades da PCI e a benefícios exclusivos.

 

Quais os benefícios de ser um Embaixador de PCI?

• Encontros com profissionais que participam das missões
• Eventos com a presença do Diretor Executivo
• Visitas a projetos e centros de logística
• Recebimento de relatórios e informações em primeira mão
• Notícias enviadas directamente dos projetos

 

E se você permitir, seu nome também será mencionado no Relatório Anual de PCI

 

Cada Embaixador dos PCI recebe o Passaporte personalizado.

Os Embaixadores da Boa Vontade é um termo coletivo usado às vezes como um título honorífico de substituição ou um título de honra para um embaixador da boa vontade, porém, mais apropriadamente, para reconhecimento genérico, é um cargo ou descrição que normalmente é indicado a seguir ao nome do indivíduo reconhecidos nesta posição.

Os Embaixadores da Boa Vontade oferecem esperança, promovem os ideais de uma entidade para outra ou a uma população. Eles ajudam a levar Paramédicos de catástrofe Internacional – PCI a todas as partes do mundo devido à sua fama, popularidade, influência e dedicação.

O Embaixador da Boa Vontade pode ser um indivíduo de um país que reside ou viaja para outro país numa missão diplomática (ou missão de amizade internacional) ou, como um intermediário representando o povo no outro extremo de uma organização.

Os Embaixadores da Boa Vontade têm sido um dispositivo oficial ou não-oficial por parte dos governos e culturas, enquanto a diplomacia tem existido. O uso de celebridades, cientistas, escritores, ativistas e outros valores elevados da sociedade são agrupados para promover a ajuda humanitária ou a ajuda ao desenvolvimento. As missões geralmente são realizadas ou supervisionadas pelo chefe de Estado e não envolvem necessariamente credenciais diplomáticas no exterior (carta de crédito). No entanto, alguns estados emitem credenciais, que incluem a imunidade diplomática dos embaixadores da boa vontade deles, como o caso do Haiti.

No sentido de melhor promover e difundir o nome, a imagem, a visão, a missão, os ideais, os valores, os princípios e os objetivos dos PCI, assim como as atividades em curso, convidamos várias personalidades que queiram contribuir, pelo prestígio e pelo carisma que detêm nas várias comunidades, para representar os PCI na qualidade de Embaixadores de Boa Vontade.

Porque só com o trabalho coletivo e continuado, poderemos ambicionar alcançar os nossos desígnios a todas estas personalidades.

Deixamos desde já o mais profundo agradecimento pela sua enorme contribuição e dedicação. A sua imagem, o seu exemplo e o seu estímulo, são elementos tão fundamentais e importantes que ultrapassam a possibilidade de mera explicação em palavras, são coisas que fazem parte do mundo indizível da sensibilidade e da intuição humana.

Sem eles não poderemos ambicionar difundir e partilhar os conhecimentos e a cultura em geral; sem eles não é possível estabelecermos um contacto próximo e íntimo com as pessoas e as comunidades locais. Muitas vezes um olhar, um gesto ou uma mão dada, dizem muito mais que uma detalhada palestra e estabelece uma ponte de solidariedade, que ultrapassa diferenças ou antagonismos e cria um vínculo de afeto, que deve unir todos os povos, todos os homens, todos nós na grande família humana.

A todos eles deixamos a maior das liberdades em transmitir com as suas próprias palavras o seu testemunho. Muitas vezes é um percurso de uma vida inteira, com todas as suas vivências e experiências, amadurecendo a nossa visão do mundo e a definição daquilo que são, verdadeiramente, as prioridades na vida.

Requisitos para embaixador da Boa vontade dos PCI:

A maioria das agências humanitárias têm Embaixadores da Boa Vontade cujo o requisito básico é o desejo real em ajudar todos que necessitam. Os Embaixadores da Boa Vontade têm demonstrado o seu interesse nos temas dos Refugiados, Direitos Humanos, Cultura, Saúde, Cooperação para o Desenvolvimento, Ajuda humanitária, Água e Saneamento Básico, Educação, Reabilitação de Infraestruturas, Desporto, Música, entre outros.

Todas as pessoas, para serem indicadas para as posições, devem preencher uma lista de requisitos obrigatórios, tais como: serem solidários, sociais, responsáveis, eficientes, imparciais, terem conhecimento e interesse no tema e disponibilidade para a participação em campanhas e eventos. Não há nenhum tipo de remuneração aos Embaixadores e Mensageiros.

Além de motivarem as pessoas a agir em causas para melhorar a qualidade de vida no mundo, os Embaixadores também chamam a atenção para os temas de trabalho dos Paramédicos de Catástrofe Internacional -PCI, através de apresentações públicas, contato frequente com meios de comunicação e constante trabalho humanitário, reforçando o trabalho da Organização para melhorar a qualidade de vida dos das populações.

 

Como fazer a candidatura:
– Formulário (Hiperligação)

Documentos a anexar:
– Cartão de Cidadão
– Carta de motivação
– Carta de recomendação
– Currículo Vitae
– Certificado de Habilitações
– 1 Fotografia tipo passe

Lista de candidatos como Embaixadores da Boa Vontade dos PCI:

 

Para mais informações:

Presidente
Comandante UOE