Direitos Humanitários

Nos anos que se seguiram, a equipa de Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI vai ser testemunha da política de limpeza étnica realizada na ex-Jugoslávia, o genocídio de Ruanda, o extermínio político iraquiano contra os curdos, etc. Muitas atrocidades como estas levaram os Paramédicos de Catástrofe Internacional – PCI a falar em várias ocasiões, para denunciar publicamente tais atos e para lembrar a comunidade internacional das suas responsabilidades.

Paramédicos de catástrofe Internacional – PCI considera seu dever, como parte de sua missão, denunciar publicamente médicos, crises humanitárias e violações graves dos direitos humanos em áreas onde a organização atua. Tem a intenção de abrir os olhos da comunidade internacional sobre o que está realmente a acontecer em certos contextos e, se possível, melhorar as condições de vida das populações locais.

Algumas das características mais importantes dos direitos humanos são:

– Os direitos humanos são fundados sobre o respeito pela dignidade e o valor de cada pessoa;

– Os direitos humanos são universais, o que quer dizer que são aplicados de forma igual e sem discriminação a todas as pessoas;

– Os direitos humanos são inalienáveis, e ninguém pode ser privado de seus direitos humanos; eles podem ser limitados em situações específicas. Por exemplo, o direito à liberdade pode ser restringido se uma pessoa é considerada culpada de um crime diante de um tribunal e com o devido processo legal;

– Os direitos humanos são indivisíveis, inter-relacionados e interdependentes, já que é insuficiente respeitar alguns direitos humanos e outros não. Na prática, a violação de um direito vai afetar o respeito por muitos outros;

– Todos os direitos humanos devem, portanto, ser vistos como de igual importância, sendo igualmente essencial respeitar a dignidade e o valor de cada pessoa.