Informação adicional para equipa Cinotécnia

 

cino

Missão e objectivos do Grupo Especial Paramédicos de Catástrofe Internacional – Cinotécnia (Busca e Salvamento);

O Grupo Cinotécnia tem como como objectivo intervir em situações de:

  • Detecção de vítimas em Água;
  • Detecção de vítimas em Grandes Áreas;
  • Detecção de vítimas em Escombros;
  • Detecção de vítimas em Avalanches e Aluimentos;
  • Detecção de vítimas através de Pistagem;

Sendo um Grupo Operacional de cinotécnia pertencente à Unidade Operacional dos Paramédicos de Catástrofe Internacional, todos os voluntários deverão respeitar as hierarquias do regulamento interno da fundação;

 

 Organização do Grupo SAR – Cinotécnia

. Estrutura do Grupo SAR

 

. Funções de cada elemento

Chefe de Secção/ Responsável da SAR TEAM

 

  • Chefiar e dirigir, administrar e organizar toda a actividade da SAR TEAM, responsabilizando-se, em todas as circunstâncias, pelo seu desempenho no cumprimento das missões que lhes são cometidas;
  • Garantir a prontidão dos elementos do grupo;
  • Assegurar o cumprimento das normas de funcionamento interno, bem como as estatísticas operacionais;
  • Propor aos elementos do comando, em regime de substituição, socorristas de categorias inferiores para os cargos de coordenação;
  • Dar parecer sobre os pedidos de transferência de pessoal;
  • Velar pela estrita e completa observância das disposições relativas ao plano de uniformes, insígnias e identificações por parte do pessoal do Grupo de Cinotécnia dos PCI;
  • Intervir no processo de avaliação de desempenho, de acordo com o previsto na legislação aplicável;
  • Organização e supervisão da equipa sob vigilância do Inspector ou outro elemento por ele nomeado;

 

Área de Secretariado
A área de Secretariado tem como principais funções:

  • Elaborar relatórios dos treinos e formações do grupo para posterior assinatura do chefe de brigada;
  • Elaborar as actas das reuniões e garantir a assinatura dos presentes;
  • Garantir a actualização dos processos dos voluntários;
  • Assegurar o levantamento dos meios e recursos, bem como a respectiva gestão e manutenção;
  • Estudar e assegurar o planeamento e apoio logístico em situação de emergência e treinos;
  • Assegurar os registos dos meios e recursos, em conformidade com as normas técnicas definidas;
  • Garantir a articulação e apoio aos meios e forças especiais, nas situações previstas nos planos e ordens de operações, nacionais, distritais ou municipais.
  • Organizar as telecomunicações e assegurar o seu funcionamento;
  • Articular com os serviços competentes as matérias relativas à rede de comunicações e informática.

 

. Recrutamento/Admissões
Processo de candidatura a voluntário

A candidatura é apresentada em boletim próprio para o efeito, devidamente preenchido e acompanhado de cópias dos seguintes documentos:

a) Bilhete de identidade ou documento equivalente;

b) Certificado de habilitações académicas;

c) Cartão de contribuinte;

d) Cartão de utente do Serviço Nacional de Saúde;

e) Cartão do sistema de segurança social;

f) Atestado médico de robustez física e psíquica;

g) Carta de condução (se possuir);

h) Boletim de vacinas actualizado;

i) Registo Criminal;

j) 2(duas) foto tipo passe;

1 Introdução
Os cães de busca e os seus guias desempenham um papel relevante na detecção rápida de vítimas. Os cães de busca e o grupo funcionam dentro de uma equipa USAR. Os cães são capazes de pesquisar grandes áreas num período relativamente curto. O método de detecção de vítimas é mais eficaz quando os binómios e a restante equipa se encontra em colaboração.

 Preparação do Grupo
A gestão do grupo deve assegurar que:

  • Os binómios participam regularmente em acções de formação e treinos;
  • Existe uma lista actualizada dos certificados dos guias e que a mesma se encontra disponível em todos os momentos, bem como os comprovativos de seguro, registo dos cães, boletim de vacinas, identificação do microchip;
  • Os Guias têm que ter experiência como treinadores de cães de busca, bem como experiência em trabalhar dentro em equipa.
  • Os Guias, os Auxiliares e a gestão do grupo dos cães de busca e salvamento devem estar confiantes do treino canino, capazes de interpretar o comportamento dos animais e relatar os resultados;
  • A SAR TEAM tem a possibilidade de treinar com outros membros da equipa USAR;

Operações

  • Dois (2) ou três (3) equipas (Binómio + 1 Auxiliar) trabalham juntos como um grupo e são liderados por um líder do grupo. Equipes cães trabalham em grupos, a fim de confirmar as indicações cães.
  • Um mínimo de dois (2) grupos de cães são necessárias para conduzir com segurança
    24 horas operações sobre um local de trabalho e quatro (4) grupos cães são necessário para conduzir com segurança 24 horas operações em duas (2) diferentes locais de trabalho. Isto fornece recursos adequados para operar em 12 horas mudam e garantem que as equipas cães terão descanso adequado, períodos que permitirá que a equipa funcione de forma eficaz, segura e continuamente durante um longo período de tempo.
  • Pesquisa com cães e meios Técnico se complementam e devem ser desenvolvidos em conformidade.
  • Equipa deve usar e coordenar os métodos de pesquisa de forma adequada.
  • Os cães devem demonstrar alerta de vítima identificável.
  • Cães devem se mover em terrenos difíceis com facilidade e demonstrar compromisso com a fonte perfume.
  • O cão deve demonstrar cuidado adequado, segurança, e bem-estar.
  • A equipe de busca canina deve ser capaz de localizar as vítimas que estão enterradas pelo menos, 1 metro verticalmente abaixo ou lateralmente para longe do canino.

Missão Mensagem

  • A Equipa prepara e entrega um relatório sobre a missão de sua SAR TEAM.
  • Debrief equipa completa deve ocorrer mal termine a missão.
  • Um cheque pós missão veterinária é recomendado.

 

Sinotecnica

 

 

 

 

 

 

 

 Informações adicionais

 

O referido regulamento cinotécnia dos PCI e baseado nas recomendações internacionais através das seguintes instituições INSARAG:

  1. Todos os voluntários do grupo Cinotécnia são elementos operacionais activos tendo os mesmos que cumprir os requisitos de admissão e os referidos regulamentos internos da Instituição;
  2. A equipa cinotécnia consoante as operacionalidade e valências de actuação na referida área de trabalho sempre com sintonia com todos os organismos:
  • Estatais;
  • Públicos;
  • Privados;
  • E ONGs Internacionais e da sociedade civil;

Sempre que existir para a situação de emer

gência e calamidade tanto Nacional como Internacional terá em suporte de regulamento e trabalhar com a equipa USAR Medical dos PCI conforme o regulamento dos mesmos e seguindo as regras do INSARAG

 

cinotecnia

 

Regulamento interno cinotecnia dos PCI